Mudança de Paradigmas

Início/Meditação, Yoga/Mudança de Paradigmas

Mudança de Paradigmas

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter.


    “A velocidade do mundo em que vivemos, as pressões de trabalho, a má qualidade das relações, o pouco tempo para descansar e alimentar-nos correctamente fazem com que as nossas capacidades fiquem completamente diminuídas.”

    A mudança de paradigma na relação connosco reside no facto de que nos abrimos à tomada de consciência a nível superior, que vai além da mente racional e da linguagem até agora conhecidas. Isto significa que nos aceitamos como uma realidade superior e que desistimos de nos alienar nos produtos, ou seja, não somos os nossos actos, não somos as nossas sensações, não somos as nossas crenças, não somos aquilo que pensamos que seja a nossa identidade, não somos as palavras que nos saem pela boca, não somos nada disso.

    Desistimos da pretensão de nos controlarmos através daquilo que são afinal, pura e simplesmente, os nossos produtos.

    Numa atitude de total aceitação, e num ato introspetivo, podemos então voltarmo-nos para as nossas “sombras” (os aspetos menos funcionais de nós) e quebrar a ilusão.

    Até agora, ofuscados pela crítica da tradição, julgámo-nos, culpabilizámo-nos, desesperadamente procurámos realizar tudo o que os nossos pais, família, professores, amigos, autoridades religiosas, políticos, empresários, nos quiseram fazer crer como justo e que tem conduzido à miséria material e psíquica pessoal e do mundo inteiro.

    Agora, com o respeito e o entendimento da nossa identidade, abrirmo-nos a um novo paradigma, uma nova maneira de lidar connosco, uma nova relação connosco e com o mundo.

    A vida moderna, agitada e exigente, induz o aceleramento anormal das ondas cerebrais, provocando estes efeitos terríveis e não desejados.

    A velocidade do mundo em que vivemos, as pressões de trabalho, a má qualidade das relações, o pouco tempo para descansar e alimentar-nos correctamente fazem com que as nossas Capacidades fiquem completamente diminuídas.

    E como temos Pensamentos Contaminados sobre nós mesmos, a nossa mente não vê nenhuma saída.

    Entretanto, vão surgindo alguns danos causados à saúde, desde doenças cardíacas, falta de memória, cansaço físico e mental, perda da libido, mau humor, depressão, entre outras.

    SITUAÇÃO PARADIGMA ACTUAL
    • Estamos expostos a elevados níveis de stress;
    • O Sentimento de ansiedade, preocupação;
    • Relações Pessoais e de Trabalho de baixa qualidade;
    • Excesso de peso, baixa autoestima e distúrbios do sono devido a preocupações.

    A MEDITAÇÃO

    Todos nós temos um momento em que nos damos conta de todas estas âncoras que nos pesam e nos levam a questionar o porquê e o para quê. Quando nos permitimos a fechar os olhos e a olhar para dentro, até pouco conseguimos ver. Pois não está na nossa programação o ver para dentro, só sabemos ver para fora. Quando eu comecei a praticar meditação, tive muita dificuldade a entender o que se estava a passar comigo. Contudo, mesmo sem entender, percebi que muita coisa estava errada na minha vida. Só com a ajuda de muitas técnicas de meditação, comecei a conseguir deixar cair tantas máscaras, tantas âncoras, que eu própria tinha adoptado, inconscientemente – claro! Ao largar estes pesos, consegui abrir-me a novos valores, a novas crenças, de inspiração e liberdade. Voltei a sentir o verdadeiro sentido da vida no meu dia-a-dia, nas minhas atitudes, nos meus pensamentos e diálogos internos.

    Na Universidade de Colônia, na Alemanha, estudaram pessoas que meditavam e descobriram que eles eram considerados os mais eficientes, tinham melhores relações interpessoais, melhor autoestima, menor estresse, preocupação e ansiedade que os que não meditavam.

    Este estudo demonstrou cientificamente que as pessoas que meditam são mais intuitivas.

    Além disso, de acordo com outro estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Wisconsin, a meditação produz mais anticorpos (a defesa do nosso corpo) que os obtidos com a vacina contra a gripe.

    Além disso, a prática de meditação activa áreas do cérebro relacionadas com as emoções positivas.

    A meditação altera a nossa personalidade para que seja mais positiva e calma.

    Por isso ouvimos falar tanto de Meditação nestes tempos, não é porque esteja na moda, mas sim, porque é o caminho natural para lidar com estes problemas da sociedade actual.

    Katia Prior

    By |2020-09-05T07:22:53+00:00Agosto 19th, 2017|Meditação, Yoga|0 comentários

    Deixe o seu comentário

    Go to Top